Janela branca do sim, do não.


E ela suspirou, triste...
Em frente à janela branca fechada de seu quarto, imaginou...
Será que se a abrisse, veria algo inusitado? Ou o de sempre?
Teria respostas, se nem ao menos formulou uma pergunta?
Sim e sim.
Sim e não.
Não e sim.

A realidade a tomou nos braços novamente...
Não e não.

2 comentários:

  1. Talvez o sim não tarde.
    A espera é só uma questão de perspectiva.
    Um dia a mais pode ser um dia menos =)

    ResponderExcluir

Comentar a publicação: